Para curtir a vida em família

Estela Craveiro

Com centenas de projetos de casas de praia no portfólio, a arquiteta Selma Tammaro mergulhou nesse universo em 2000, em Tabatinga, Caraguatuba, no litoral norte paulista, quando construiu sua residência por lá. Por fora, chamou a atenção com o tom azul-turquesa que escolheu para a pintura e para a piscina, destacando-se no cenário de edificações monocromáticas do condomínio contornado pela paisagem verde. Por dentro, encantou com o ambiente muito arejado, bem ventilado e naturalmente iluminado, graças à exploração do pé direito inteiro, uma das características de seu trabalho. Vários clientes surgiram espontaneamente e muitos permaneceram ativos, como um casal do interior paulista para quem já criou várias casas na região. A mais recente tem 570m² de área edificada e 200m² de área de lazer. “Estou com eles desde a primeira casa. Venho acompanhando a vida da família. São modernos e práticos. Gostam de fazer do seu jeito e imprimem sua assinatura no projeto. Constroem, decoram e vendem, conforme as necessidades de cada fase. Dessa vez, queriam a casa para curtir com os netos pequenos. O estilo externo é sempre mais ou menos como o atual. Internamente, vão mudando. Este último projeto tem a cozinha integradíssima à área social, sem nenhuma barreira obstruindo a visão desse ambiente, que consideram o mais vital da casa”, conta Selma.
Assim, a cozinha principal protagoniza o cenário do piso térreo, totalmente conectada às salas de jantar e de estar, por sua vez ligadas à varanda que dá na piscina, e tem outra cozinha em estilo gourmet. Apenas o home theater ocupa uma sala isolada. Os proprietários também queriam um ambiente bucólico, silencioso, que atraísse pássaros e fosse agradável para leitura. Desejo atendido com um grande bloco de palmeiras que proporcionam sombra e privacidade no jardim, que possui um cantinho reservado a um playground. Para as crianças se divertirem com seus games e desenhos animados, Selma criou uma sala de tevê com terraço no andar superior. O resto do piso superior é ocupado por cinco suítes. No térreo, há mais três. Todas no mesmo padrão, para uso da família, de convidados e empregados.
O escritório de Selma Tammaro também é responsável pelos projetos de paisagismo, iluminação e decoração, nesse caso, feita com móveis, acessórios e adornos adquiridos diretamente pelos proprietários, que possuem uma tecelagem no interior paulista e costumam usar muito seus próprios tecidos. Madeira, laca, mármore, silestone, fibra sintética e alumínio predominam entre os materiais utilizados por Selma. Ao escolher revestimentos, ela sempre opta pela resistência à maresia e ao calor, e pela praticidade na manutenção. E também capricha no uso de ventiladores e aparelhos de ar-condicionado, porque, luminosidade natural é ótima e econômica, mas contribui para aquecer o ambiente quando não há vento, explica.
Externamente, a casa, construída entre janeiro de 2014 e abril de 2015, tem o estilo caixote, como define a arquiteta. Um dos recuos laterais obrigatórios do terreno abriga a área de serviço e, o outro, completa a área social. Uma platibanda de alumínio e isopor oculta o telhado de pouca inclinação, oferece proteção termoacústica em torno da casa, e imprime um ar clean à fachada. A entrada do sobrado oferece bastante privacidade.
Já na área posterior, muito vidro em amplas portas, janelas e basculantes garantem boa ventilação e luminosidade. “Em casas de campo e de praia, tem que tirar partido disso, aproveitar a possibilidade de ter a natureza dentro de casa. São quadros vivos que mudam de acordo com as condições climáticas e o horário. É bem lúdico. E isso é o mais importante em uma casa de praia”, conclui Selma Tammaro.

Related News

Comments are closed

Revista Beach&co