Espaguete, o queridinho dos almoços em família

Popularizado em Nápoles, na Itália, essa massa é prática, versátil e saudável

Fernanda Lopes

Não há prato com mais jeitão de família e de domingo do que uma bela macarronada. Pelo menos, para nós, paulistas, que temos grande influência italiana. E o espaguete é, disparado, o tipo mais conhecido e consumido. Geralmente, ele é servido com molho ao sugo ou à bolonhesa, mas também pode receber outros acompanhamentos, como sugerimos em receitas aqui. Aliás, um dos motivos do seu sucesso é a praticidade e versatilidade, aceitando muitos acompanhamentos e temperos.
O spaghetti popularizou-se em Nápoles, na Itália. Acredita-se que sua origem seja árabe, preparado numa espécie de tubo de massa oca e fina. Originalmente, os fios de espaguete mediam mais de 50cm de comprimento. Depois, foram cortados até chegar ao comprimento atual de 25cm.
Graças a seu diâmetro tradicional, de tamanho intermediário no universo das massas longas, o espaguete é versátil e permite infinitas combinações: desde as receitas mais tradicionais até as mais inéditas. E nada de quebrar a massa na hora de cozinhar, afinal, enrolar a massa no garfo é um dos prazeres de degustá-la. No Brasil, a receita da macarronada chegou pelas mãos das nonas, que imigraram para cá muito tempo depois, no final do século XIX.
Os benefícios nutricionais do macarrão são muitos. Ele leva mais tempo para ser digerido pelo organismo – mais do que o pão ou o arroz brancos. Assim, colabora para prolongar a sensação de saciedade e manter os níveis de glicemia estáveis no sangue no período após a refeição. É reconhecido como um alimento que reúne baixas concentrações de sódio, gordura e colesterol. É uma rica fonte de carboidratos, que nos traz energia para as atividades diárias. A versão integral conta ainda com inúmeros nutrientes importantes para a saúde, como as vitaminas do complexo B e o ferro. O que não se pode, claro, é exagerar. Mas isso serve para basicamente todos os alimentos.

Aprenda a cozinhar o espaguete

Pode parecer fácil, mas há dicas fundamentais para se cozinhar o espaguete. Deve-se deixar a massa al dente para que absorva mais o sabor do molho e, também, para ficar mais saudável, demorar mais para ser digerido e se transformar em açúcar. Veja abaixo a receita do espaguete cozido à italiana:
Ingredientes: 500g de espaguete; 1 colher (sopa) de sal; 5 litros de água fervendo.
Preparo massa: em uma panela grande, coloque a água para ferver com o sal. Quando estiver fervendo, coloque o macarrão. Cozinhe até estar al dente. Siga o tempo determinado na embalagem.

Alguns tipos disponíveis no mercado

Macarrão à base de farinha branca: é considerado um alimento de baixo índice glicêmico, e também pobre em colesterol, gorduras e sódio;
Integral: como nessa versão do alimento, o trigo é moído com a casca, ele preserva mais propriedades nutricionais do que o macarrão convencional. Tem mais fibras e micronutrientes, como magnésio, selênio, cobre, manganês e vitaminas do complexo B;
Enriquecido: já é possível encontrar massas adicionadas com legumes (beterraba, espinafre e cenoura) e que, além de colorirem naturalmente o alimento, agregam diversos nutrientes ao prato. O enriquecimento com minerais também vem sendo empregado, inclusive, em massas pré-cozidas voltadas para o público infantil;
Sem glúten: é indicado apenas às pessoas portadoras da doença celíaca, que apresentam intolerância ao glúten.

Dicas

– Nada de usar óleo ou azeite no cozimento, que atrapalha a aderência do molho à massa;
-Use sempre 1 litro de água fervente para cada 100g;
-Prefira as massas de grano duro, que ficam mais al dente e aderem melhor ao molho;
-Não quebre a massa. Isso faz com que o amido solte e deixe o macarrão grudento. Além disso, os fios devem ser longos;
-Se usar massa fresca, cozinhe somente por 2 minutos, também em água abundante;
-Se não for usar a massa na hora, após escorrer, dê um banho de água gelada e besunte com azeite para não grudar;
-Coloque o espaguete em uma frigideira grande com o molho escolhido e salteie para pegar mais sabor.

Receitas

À matriciana
Ingredientes: 400g de espaguete cozido al dente; 250g de bacon; 500g de tomate bem maduro (ou tomate pelado); 150g de queijo pecorino ou parmesão ralado; 1 colher (sopa) de azeite ou banha de porco; ½ pimenta dedo-de-moça; sal a gosto.
Preparo: frite o bacon em uma frigideira grande, com um pouco de azeite. Junte a pimenta dedo-de-moça e os tomates e refogue por cerca de 10 minutos. Acerte o sal. Escorra o espaguete, despeje na frigideira com o molho, junte o queijo e o bacon; misture muito bem e sirva.

À carbonara
Ingredientes: 250g de pancetta (ou bacon); 1 dente de alho amassado; 1 colher (sopa) de azeite; 400g de espaguete cozido al dente; 4 ovos; 4 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado; 4 colheres (sopa) de queijo pecorino ralado; pimenta-do-reino e sal a gosto.
Preparo: corte a pancetta em pedacinhos bem pequenos. Em uma frigideira, coloque um pouco de azeite e o alho amassado. Junte a pancetta até ficar dourada e soltar a gordura. Quando o alho estiver dourado pode retirá-lo (serve para dar mais sabor). Em um recipiente, bata os ovos inteiros com os queijos ralados e moa a pimenta-do-reino por cima. Misture até que fique homogêneo. Misture o espaguete cozido al dente à frigideira da pancetta (ainda no fogo) e depois coloque o ovo batido por cima.

Related News

Comments are closed

Revista Beach&co